Terapia do Esquema: Trabalhando com Modos

Admin bar avatar
mood-swings

O trabalho com Modos é a parte mais sofisticada do trabalho em Terapia do Esquema. Permite que o paciente dialogue internamente, propiciando uma discussão egodistônica.

Vários pacientes apresentam muitas flutuações de humor que se mostram problemáticas no desenvolvimento e progresso da terapia. Isso acaba por influenciar diretamente no sucesso da terapia pois esses pacientes podem melhorar os sintomas mas continuam se queixando de dores emocionais importantes.

Os modos são como luzes de um pisca-pisca que compõem o self como um todo. São estados emocionais, cognições e reações físicas ativados ao mesmo tempo como resposta a determinadas experiências e situações de vida.

Enquanto o Esquema pode ser considerado um traço da nossa personalidade, o Modo é um estado predominante em que estamos em um determinado momento (Estado – uma porção de esquemas e estilo de enfrentamento desadaptativos X Traço – tema de uma dimensão emocional). E diante de diversas situações, ativamos ou desativamos nossos modos. Eles são considerados diferentes estados mentais ou diferentes partes da mesma pessoa.

Resumidamente, existem 5 modos em Terapia do Esquema:

– Modos inatos da criança

– Modos desadaptativos de enfrentamento

– Modo Hipercompensador

– Modos internalizados de pais disfuncionais

– Modo adulto saudável

Quando ouvimos “esse é meu lado criança” ou “às vezes, tenho um lado perfeccionista e exigente” ou “hoje estou no piloto automático, nem consigo pensar direito para fazer as coisas” percebemos que temos várias versões diferentes de nós mesmos.

Quando o terapeuta trabalha com Modos, ele consegue compreender as mudanças abruptas de humor do paciente, inclusive na sessão terapêutica.

Deve-se trabalhar com Modos quanto mais grave ou complexo for o caso, pois suas estratégias são mais mais útil. Quando os pacientes se apresentam com funcionamento intermediários, mesclam-se as duas abordagens, Terapia de Esquemas e trabalho com os Modos Esquemáticos.

EMENTA DO CURSO

1) O que são modos?

2) As diferenças entre Terapia do Esquema x Modos do Esquema

3) Tipos de Modos:

  • Modos inatos da criança
  • Modos desadaptativos de enfrentamento
  • Modo Hipercompensador
  • Modos internalizados de pais disfuncionais
  • Modo adulto saudável

4) Técnicas usadas para intervenção nos modos mais difíceis.

Detalhes do Curso

  • Duração 12 horas
  • Idioma Português
  • Certificado Sim
  • Critérios de avaliação Sim

Admin bar avatar Melissa Fioravante

Mestrado pelo Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Juiz de Fora, na linha de pesquisa História e Filosofia da Psicologia. Graduação pelo Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Juiz de Fora. Coordenadora do Semente Cursos em Psicologia. Experiência na área de Saúde Coletiva e atendimento clínico na abordagem da Terapia Cognitivo-Comportamental, especificamente em Terapia do Esquema. Professora do Curso de Formação Presencial em Terapia do Esquema, em Juiz de Fora/MG. Professora em diversos cursos de pós-graduação em psicologia. Atende pacientes em consultório particular e oferece supervisão em Terapia Cognitivo-Comportamental.
O currículo está vazio
Mestrado pelo Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Juiz de Fora, na linha de pesquisa História e Filosofia da Psicologia. Graduação pelo Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Juiz de Fora. Coordenadora do Semente Cursos em Psicologia. Experiência na área de Saúde Coletiva e atendimento clínico na abordagem da Terapia Cognitivo-Comportamental, especificamente em Terapia do Esquema. Professora do Curso de Formação Presencial em Terapia do Esquema, em Juiz de Fora/MG. Professora em diversos cursos de pós-graduação em psicologia. Atende pacientes em consultório particular e oferece supervisão em Terapia Cognitivo-Comportamental.

Avaliações

Média de Avaliações

0
0 avaliação

Avaliações detalhadas

5
0%
4
0%
3
0%
2
0%
1
0%

Detalhes do Curso

  • Duração 12 horas
  • Idioma Português
  • Certificado Sim
  • Critérios de avaliação Sim

Admin bar avatar Melissa Fioravante

Mestrado pelo Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Juiz de Fora, na linha de pesquisa História e Filosofia da Psicologia. Graduação pelo Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Juiz de Fora. Coordenadora do Semente Cursos em Psicologia. Experiência na área de Saúde Coletiva e atendimento clínico na abordagem da Terapia Cognitivo-Comportamental, especificamente em Terapia do Esquema. Professora do Curso de Formação Presencial em Terapia do Esquema, em Juiz de Fora/MG. Professora em diversos cursos de pós-graduação em psicologia. Atende pacientes em consultório particular e oferece supervisão em Terapia Cognitivo-Comportamental.